Como foi o Congresso da Abrates 2016

No último fim de semana (dias 3, 4 e 5) aconteceu o 7º Congresso da Abrates – Associação Brasileira de Tradutores e Intérpretes no Rio de Janeiro. Foi a minha primeira vez no evento e aprendi muito com todas as palestras que rolaram em três dias de evento. Saiba mais!

A abertura na 6ª feira já começou bem: Cora Ronai, filha de Paulo Ronai, o húngaro que aprendeu português traduzindo poesia e acabou estabelecendo vida e carreira aqui no nosso país. Cora se relembrou de nomes constantes em sua casa, como Carlos Drummond de Andrade e Aurélio Buarque de Holanda – ele mesmo, o do dicionário! Para ela, a tradução é tão natural como o sol, o céu, o mar… ela mesma se dedicou ao ofício, se tornou escritora e é antenadíssima em seu tempo, como é possível ver em sua página do Facebook. Maravilhosa!

cora-ronai-abrates

Destaco ainda a belíssima interpretação do hino nacional em Libras por Paloma Bueno Fernandes junto a um membro da plateia, que levou muitas pessoas às lágrimas!

As 5 Melhores Palestras do Evento

1 – Mabel Cesar e Rayani Immediato – Tradução para dublagem

No sábado, as coisas já começaram bem cedinho! A primeira palestra que assisti foi com Mabel Cezar e Rayani Immediato sobre dublagem. Elas contaram uma história linda de um cara – o Charles – que é cego e foi prestigiá-las em uma palestra na semana anterior. Ele disse que, se não fosse por elas, ele jamais teria acesso aos filmes e séries que tanto gosta. Todos ficaram emocionados.

mabel-cezar-rayani-immediato-abrates

Elas explicaram um pouquinho mais de como funciona a tradução para a dublagem e como às vezes no estúdio é preciso alterar algumas palavras para elas caberem direitinho na boca do ator ou do desenho animado.

Também foi citada a importância de não se trocar as vozes consagradas de personagens famosos, porém disseram que muitas vezes os estúdios não estão nem aí e trocam mesmo – para desespero delas! Outro problema citado foram os prazos curtíssimos que elas têm para traduzir e dublar algumas coisas que acabam saindo com erros e acabam eternizadas sem possibilidade de modificação posterior.

Eu não sabia exatamente como funcionava todo o processo da dublagem, e depois da palestra, já sei tudinho. Foi ótimo! E ainda tirei uma foto com a Mabel no final (não reparem na minha cara de sono, please!).

mabel-cezar-abrates

2 – Candice Soldatelli – Os bastidores da tradução literária

Depois, corri para o auditório para assistir à palestra de Candice Soldatelli sobre a tradução do livro Masked Rider, de Neil Peart, baterista do Rush. Ela explicou todo o processo, desde o recebimento do livro, a troca com as editoras, a ajuda que ela teve de seus professores, discussão de termos e tudo o mais. A parte mais legal foram as trocas de e-mail que ela teve com o próprio Neil, que foi mega solícito, um verdadeiro gentleman, deixando assim o trabalho dela ainda mais impecável. Demais!

A palestra foi tão maravilhosa que nem tirei foto, só fiquei prestando atenção. Por isso deixo vocês com uma imagem de divulgação dela com o livro em questão!

candice soldatelli traducao

3 – Adriana de Araújo Sobota – Como trabalhar com agências de tradução

Essa palestra foi MEGA esclarecedora para quem está começando na área da tradução técnica. A Adriana, que é a coordenadora pedagógica do Netwire Learning Center, deu todo o passo a passo de como enviar currículo, os valores praticados, as ferramentas essenciais e os segredos que ninguém conta. Abaixo, um dos slides sobre valores que muita gente ainda fica na dúvida.

valores-por-palavra-agencias-traducao

Ela destacou a importância de se valorizar o próprio trabalho, até para que a profissão se fortaleça. A união faz a força! Fiquem atentos e não aceitem qualquer trabalho, ok?

4 – Ricardo Souza – Pontes relutantes

No domingo bem cedinho, às 8 da manhã, Ricardo Souza deu uma palestra incrível sobre a distância que existe entre a prática da tradução e o mundo acadêmico. Segundo ele, os tradutores técnicos são focados na produtividade, em entregar trabalhos, em conhecer tudo sobre CAT Tools e tudo o mais, enquanto o meio acadêmico que estuda tradução não tem consciência nenhuma desses processos, focando seus estudos em teorias linguísticas e debruçando-se sobre traduções literárias. Afinal, será que esses mundos não se cruzam? Será que a tradução técnica e a literária são tão distantes assim? A pensar.

ricardo-souza-palestra-abrates

5 – Isa Mara Lando – Traduções comparadas de A Christmas Carol

Essa sem dúvida foi a melhor palestra do evento para mim. Isa Mara, a famosa autora do livro VocabuLando, o preferidinho de todos os tradutores, deu uma palestra fenomenal comparando as traduções do clássico de Dickens – que aliás, já no título ganhou diversas traduções, como Conto de Natal, Canção de Natal, Hino de Natal, etc.

isa-mara-lando-abrates-2016

Ela pegou vários trechos do livro e colocou as traduções desses trechos de Heloísa Jahn e Ana Maria Machado. E assim ela foi seguindo, termo a termo, o que ficava melhor, o que não cabia bem, etc. E eu acho que essa é uma das grandes dúvidas dos tradutores, ali no processo de trabalho: qual é a melhor palavra para se usar aqui? Deixo mais solto? Deixo mais literal? Até onde posso ir? Claro que tudo deve estar de acordo com o que foi combinado com o editor, mas no geral, Isa Mara defende o texto mais fluido para os leitores brasileiros, usando nossas expressões populares ao substituir as expressões do inglês que não fariam sentido para nós.

Depois da palestra, tive o prazer de conversar com ela e comprei o livrinho que traz a tradução do conto O Corvo de Edgar Allan Poe, com direito a autógrafo. Demais 🙂

isa-mara-lando-raven-corvo-edgar-allan-poe

Conclusão

No geral, foi uma experiência excelente. É muito bom estar rodeada de gente que entende seu ofício, trabalha de pijama em horários malucos e está sempre à procura do termo perfeito para traduzir. Isso foi riquíssimo e só é possível em eventos desse porte.

Ano que vem, o congresso será em São Paulo. Para quem não conseguiu ir dessa vez, ou estava com dúvidas se valeria ou não a pena, só posso dizer que vale MUITO a pena sim, acho que todo tradutor tem que ir pelo menos uma vez na vida! O programa geralmente cobre uma diversidade enorme de assuntos, então seja você da área literária, técnica ou interpretação, tem espaço para todos. Até 2017! 😉

Siga o blog Thais Etc nas redes sociais!

Anúncios

8 comentários sobre “Como foi o Congresso da Abrates 2016

  1. Sua linda, obrigada pelo carinho. Foi um prazer poder ajudar tanta gente linda, que busca se profissionalizar e que leva esta profissão tão linda a sério! Beijos!

    Curtir

  2. Adorei a resenha! Infelizmente, não pude ir este ano, mas por meio de impressões e comentários como os seus e as fotos compartilhadas pelos queridos amigos, deu para fingir que estava pertinho 😀

    A propósito, você autorizaria a republicação deste artigo no blog da ATA Portuguese Language Division (http://pldata.net)? Sempre procuramos divulgar eventos de tradução, ainda mais os que concentram tradutores de português, então seria o máximo se pudéssemos republicar o que você escreveu, dando o devido crédito, é claro, e publicando o link do post original para que os membros da PLD possam conhecer o seu blog também 😉

    Curtir

  3. Que experiência maravilhosa!!
    Minha irmã comentou a respeito, as amigas dela estiveram por lá, mas ela não pode ir..
    Vou mostrar sua publicação pra ela hahhahaha

    Eu estava vendo os valores ali em cima, O.O

    Curtir

  4. Muitíssimo obrigada pela resenha! Ficou ótima! Parabéns! São pessoas como vc que nos fazem querer continuar nessa profissão e aprender cada vez mais!
    Infelizmente não pude ir esse ano, apesar de morar no RJ. Mas ano que vem certamente estarei lá em SP para poder ver tudinho de perto igual a vc!
    Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s