Feliz aniversário, Madonna!

Confira a trajetória da maior estrela do pop!

Nascida em 16 de agosto de 1958, Madonna nasceu em Michigan e sua mãe faleceu quando a cantora tinha apenas 5 anos de idade. Em 1977, ela se mudou para Nova York com 35 dólares no bolso para seguir carreira na dança. Após participar da cena musical na cidade em algumas bandas, seu talento foi finalmente descoberto. Nascia uma estrela.

Em 1982, Madonna lançou seu primeiro single, Everybody, e a partir daí, foi só sucesso. Holiday, Borderline e Lucky Star foram as faixas do primeiro álbum que renderam sucessos.

Mas a subida ao topo estava só começando. Ao se apresentar no MTV Music Awards com a música Like A Virgin, ela estourou de vez, e a partir daí, com seu estilo rebelde e sexy, Madonna provou que podia ser o que quisesse. Ao influenciar toda uma geração de garotas nos anos 1980 a se libertar das regras da sociedade, vestindo-se de maneira escandalosa e com performances provocantes.

E pra quem achou que um dia todo esse sucesso ia embora, ledo engano, pois esse é justamente o grande trunfo de Madonna: a reinvenção. Totalmente camaleoa, Maddie já encarnou diversas personas, explorando a fundo as camadas de sua personalidade, expondo suas feridas e sua vulnerabilidade em forma de letra, música e estilo. A estrela soube se cercar de pessoas talentosas do ramo, e por isso chegou onde chegou. Leonina, de personalidade forte, M não tolera nada além do melhor.

Like a Prayer, La Isla Bonita, True Blue, Papa Don’t Preach, Open Your Heart: não são poucas as faixas que fizeram com que Madonna se tornasse um nome forte da música pop. Era impossível não se contagiar com a força avassaladora de sua atitude.

Nos anos 90, ela continuou a lançar tendências com os álbuns Erotica e Bedtime Stories, com mais sucessos para acumular: Vogue, Rain, Take a Bow, entre outros. Mas a fase provocante de uma garota de 20 e poucos anos aos poucos chegava ao fim. Agora M era uma mulher madura e queria ter filhos. Foi quando ela teve sua primeira filha, Lola, ou Lourdes Maria Ciccone Leon, em 1996.

Lola mudou a vida de Maddie e ela dedicou um álbum inteiro a ela: Ray of Light. Versátil, Maddie mostrou mais uma vez sua capacidade de se reinventar com os singles Frozen, Ray of Light, Nothing Really Matters e The Power of Goodbye. Aliás, esse é considerado um dos melhores álbuns de sua carreira, e vale a pena ouvir do início ao fim.

Não demorou para ela lançar o álbum Music, com a faixa-título que estourou, seguida de Don’t Tell Me e What It Feels Like for a Girl. Foi nessa época que ela se casou com o diretor de cinema britânico Guy Ritchie e teve com ele seu segundo filho, Rocco.

O século 21 foi um grande presente para Madonna. A vida de uma estrela do pop costuma ser curta, mas isso não foi a regra para ela. Pelo contrário: quarentona, ela mostrou que não está ainda satisfeita e que não pretende parar agora. Ela faz música porque gosta, ela faz performances porque é isso que está em sua alma. Não é pelo dinheiro, isso ela tem de sobra há décadas.

Sem pecar na qualidade, apesar de algumas baixas pelo caminho, ela continuou a impressionar com os álbuns Confessions on a Dance Floor, Hard Candy e MDNA, coletando louros pelo caminho e rodando o mundo com suas turnês incríveis. Foi quando tive a oportunidade de vê-la em 2008, aqui em São Paulo, na turnê Sticky and Sweet. Inesquecível. Seu último lançamento é Rebel Heart, que continua mantendo a qualidade de uma artista que já entrou para a história como uma das maiores artistas de todos os tempos.

Madonna influenciou diversas gerações de divas da cultura pop, sendo os exemplos mais fortes Britney Spears e Lady Gaga. Até hoje, eu a considero a maior diva pop de todos os tempos. As letras da Madonna tocam fundo no meu coração, ela é tão verdadeira, tão sincera, e não tem vergonha de ser o que é. Ela luta com os próprios demônios e ao mesmo tempo não pede desculpas por querer ser a melhor. Ela sabe que merece o mundo e teve a sorte de estar no lugar certo, na hora certa, com as pessoas certas. Soube usar o vento a seu favor, teve a coragem de se reinventar sem perder a essência, o que é um equilíbrio raro. Impossível dizer quantas mulheres foram influenciadas por suas letras e seu exemplo. Madonna é um raio de luz que jamais perderá seu brilho. 

Ouça já a playlist especial da Madonna!

 

Anúncios

4 comentários sobre “Feliz aniversário, Madonna!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s