Crítica: Lady Gaga – Five Foot Two

Confira a crítica do documentário da Netflix, Lady Gaga – Five Foot Two!

Lady Gaga é mais Stefani Joanne Angelina Germanotta do que a gente pensa. Ainda bem. Esqueça o carão e o vestido de carne: aqui ela está mais nua e crua do que nunca. O documentário da Netflix traz a humanização do ícone musical e fashion que se tornou um dos maiores fenômenos pop do século 21.

Com foco nos bastidores das gravações do álbum Joanne, o filme mostra Gaga nua (literalmente) e vulnerável. O título do álbum é uma homenagem à sua tia, falecida aos 19 anos, que tinha lupus e acabou perdendo a vida muito cedo. Ela carrega o nome da tia em seu próprio nome, e a cena em que a cantora mostra a gravação à sua avó é de cair lágrimas. O pai dela se afasta, visivelmente abalado, em meio a fotos e mais fotos antigas da família italiana.

Ao longo de uma hora e 40 minutos, Gaga se mostra sem maquiagem, sentindo dores, passando por tratamentos médicos, e fala desde o ex Taylor Kinney até seu desentendimento com Madonna: “Ela nunca me olhou nos olhos e me disse que eu era redutiva”. Mas também disse: “Sempre vou admirá-la”.

Ela explica porque usava todas aquelas roupas. “Eu achava que não era boa o suficiente. Agora eu sei que sou. Não preciso de mil perucas para fazer uma declaração”. Aos 30 anos de idade, ela se acha velha, porém gosta do fato de poder usar um jeans, uma camiseta e o cabelo preso e mesmo assim sentir que tem valor.

O drama do vazamento do álbum a pega de surpresa, graças a uma loja na Bélgica que o vendeu horas antes do previsto. No mesmo dia, Gaga vai à médica para fazer uma aplicação para reduzir suas dores. “Há 3 anos eu quebrei o quadril e sinto dor todos os dias”. Em outro momento do doc, ela está deitada no sofá, sendo cuidada por uma quiropraxista, e diz que sente dor “da ponta do pé até o rosto”. É de dar pena.

Em uma cena mais alegre, Lady Gaga vai até o Walmart para comprar seu novo álbum. Ninguém da loja a reconhece. Ela veste uma blusa minúscula com o sutiã aparecendo e um microshort. O vendedor não sabe quem ela é. O gerente diz que eles não podem filmar dentro da loja. Logo depois, eles se dão conta de que é ela. “Desculpe, não sabíamos”. Todo mundo tira foto com a cantora. Ela mesma passa a compra no caixa e paga com seu cartão e vai embora. Mais um dia na vida de Lady Gaga.

A preparação para o Super Bowl é o ponto alto da narrativa. Ela acha que esse é o ponto alto de sua carreira, pois nunca fez algo tão grandioso. Seu álbum acaba de entrar no topo das paradas. Alguém diz que o resto da vida dela é se apresentar em coisas muito maiores que aquilo. Cenas dos ensaios, em que ela praticamente dá uma bronca na produção, mostram o nível de profissionalismo da cantora que sabe o que quer e como tudo deve funcionar.

No grande dia, ela está se preparando quando recebe a visita de Donatella Versace em pessoa no camarim. Ela é só uma garota comum com cabelo despenteado e sem maquiagem. A transformação em estrela do pop é mais simples do que parece. Ela canta no teclado, enquanto maquiadores e cabeleireiros não param de mexer na diva. O alcance vocal é sensacional. Ela veste seu figurino, mas Stefani continua em algum lugar ali dentro.

No estádio, a cantora é presa por um cabo. Ela está mais do que pronta, se preparou a vida inteira pra isso. Lá vai ela, em direção ao céu: muito além do que apenas 1,55 metros de altura. Ou, na medida americana, 5’2″ – o título do doc.

Anúncios

Um comentário sobre “Crítica: Lady Gaga – Five Foot Two

  1. Eu admiro e muito a Gaga..
    Ainda não consegui assistir o documentário, mas pretendo fazer isso em breve.
    Acho incrível a forma dela encarar a vida com tantos problemas.

    Amei a crítica e me deixou com mais vontade de assistir.
    Fico imaginando a minha reação se eu estivesse no mercado quando ela foi comprar ahuihauiahuhaiuhaiu. Ser fã BR não é fácil
    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s